Rádio Alternativa 21

Mundo Segundo, Conan Osiris, Luís Severo, Vaarwell, entre outros, completam o cartaz do IMF 2018

Juntam-se a outros nomes como Throes + The Shine, Keep Razors Sharp, Yuzi, Filipe Sambado e os Acompanhantes de Luxo, entre outros.

Mundo Segundo. Dispensa apresentações. Não precisa de grande cerimónia. É muito simples: o Indie Music Fest recebe, orgulhosamente, na sua sexta edição, um dos maiores dinossauros do hip-hop nacional e torna-se difícil esperar mais de um mês para que este concerto chegue. De certeza que depois disto, todos ficaremos Sempre Gratos.

Conan Osiris é bem português, mas é o espelho da globalização. Conan Osiris é músicas do mundo, é o afunilamento de todas as visceralidades – musicas e não só – que transporta em si. Osiris é uma das mais gratas surpresas musicais dos últimos tempos e será recebido no bosque mágico com todo o amor.

Luís Severo iniciou o seu caminho musical na adolescência quando começou a partilhar canções na internet como “Cão da Morte”. Em 2015, editou o seu primeiro disco e em 2017 gravou o seu segundo álbum, ‘Luís Severo’. É um apaixonante compositor de canções de amor e certamente apaixonará os indies também.

Os Vaarwell são um trio de indie-pop, composto por Margarida Falcão (metade das Golden Slumbers e a voz de “Far Away Place”, do Xinobi), Ricardo Nagy e Luís Monteiro. A banda regressou esta primavera com nova música, lançando o single “Stay”. Estreado na britânica Atwood Magazine, a música veio acompanhada por um vídeo DIY que estreou na berlinense KALTBLUT Magazine.

Os Prana surgiram do ambiente relaxado que resulta da combinação das noites de Verão com amigos, guitarras, cerveja e um jardim. João (guitarra) e Miguel (voz) conheceram-se nesse jardim e, depois do verão, conheceram a Ana (teclas) e o Diogo (bateria). Do jardim para estúdio e do estúdio para os palcos, o Bosque do Choupal é a próxima paragem.

Omodo é uma banda de rock de garagem com influências muito variadas, surgindo de uma atitude musical um pouco despreocupada, suja, de forma natural e muito pouco pragmática. Com algumas características punk e outras opostas ao mesmo, caracterizando se como um rock sujo/veludo.

The Jaqueline saem da garagem diretamente para o Indie Music Fest e são uma daquelas surpresas quase quase a rebentar para o público nacional. Os mais curiosos vão querer estar na fila da frente do concerto.

DON PIE PIE (DPP) são um FunCore trio do Porto constituído por Miguel Moura nos teclados, Leonardo da Rocha na guitarra e Pedro Varela na bateria. Formados no Verão de 2017, editaram o seu primeiro EP, “DPP1”, em Julho do ano presente.

Pântano é uma banda de Hard-rock, Southern, Grunge cantado em bom português. Constituída por Nuno Rodrigues (WAKO, CUT) , Miguel Mateus (Subversive) e Arlindo Cardoso (Low Torque, NON) Temos como principais influências e referências, tudo que envolve os finais dos anos oitenta e principio dos noventa, em grande parte os filmes e sonoridades que ficaram alojadas no nosso imaginário.

Rei Bruxo nasce da vontade de criar um repertório de criar um som urbano, contemporâneo e uma reflexão sobre o mundo atual e os fenómenos do consumo artísticos dos dias de hoje. Em português, melodicamente, Rei Bruxo apresentam-nos um rock progressista muito, muito curioso.

Os Glaucoma existem há mais de 20 anos. Uma daquelas obras primas que nasce de uma amizade e que se volta a juntar, quase meio século depois, para tocar no Indie Music Fest.
O Indie Music Fest é uma celebração artística independente que tem vindo a ganhar a sua voz na esfera da música nacional, recebendo alguns dos maiores nomes da música independente portuguesa e abrindo portas a novos projetos ainda à procura do seu lugar.

Já na sexta edição, o festival tem agora os passes-gerais à venda em www.bol.pt e nos locais habituais a 25€ (preço disponível até 31 de agosto).

Já confirmados para o Indie Music Fest 2018: Throes + The Shine, YUZI, Pé Grande, Travo, NU, Enes, Dreamweapon, Quadra, Máquina Del Amor, Panado, Keep Razors Sharp, Huggs, Gator The Alligator, Filipe Sambado e os Acompanhantes de Luxo, Trêsporcento, Iguana Garcia, Solar Corona, :PAPERCUTZ, The FAQs e It Was the Elf.